Mulheres corajosas na Igreja Católica

  • 1

Mulheres corajosas na Igreja Católica

O Papa enalteceu hoje a coragem e o espirito de serviço das mulheres como um exemplo para a Igreja Católica, num dia em que se encerra o mês de maio, mês de Maria.

“As mulheres que existem na Igreja são como Nossa Senhora. Elas que levam avante a família, que levam avante a educação dos filhos, que enfrentam tantas adversidades, tanta dor, que curam os doentes. Corajosas, elas levantam-se e servem, servem”, referiu hoje o Papa durante a missa na Casa de Santa Marta, onde reside.

Na sua homilia, o Papa argentino apontou ainda a humildade de Maria e a sua disponibilidade para os outros como caminhos a seguir pelos cristãos.

“Quem não vive para servir, não serve para viver”, salientou Francisco, acrescentando que “uma pessoa que se diz cristã e não é capaz de ir ao encontro dos outros, não é totalmente cristã”.

“Seja o serviço, seja o encontro, requerem sair de si mesmos: sair para servir e sair para encontrar, para abraçar outra pessoa. É com este serviço de Maria, com este encontro que se renova a promessa do Senhor, que se atua no tempo presente”, concluiu.

Fonte: Agência Ecclesia

Categoria : notícias


  • 0

Escola de Maria siga os exemplos dela

Eu aprendi, ainda na minha meninice, que Maria é a Auxiliadora dos cristãos. A vitoriosa das batalhas de Deus. Ela recebeu este título em 1571, quando a cristandade passava por momentos difíceis, com a Europa sofrendo a ameaça da invasão do Império Otomano, muçulmano. Nessa ocasião, o Papa São Pio V pediu que todo o povo cristão rezasse o rosário.

Nossa-Senhora-auxiliadora

Nossa-Senhora-auxiliadoraEmbora as batalhas tenham sido acirradas, a vitória foi dos cristãos. Nesse momento originou-se a Festa de Nossa Senhora do Rosário, em 7 de outubro de 1571, quando o Pontífice anunciou ao mundo esse título de “Auxiliadora dos cristãos” a Virgem Maria.

Nossa Senhora olha para as necessidades de seus filhos. Quanto maior o problema, tanto mais Maria Santíssima se faz presente. Tenha a certeza de que você vai vencer todos os seus temores com a ajuda dela!

O Concílio chamou Maria de “a estrela da evangelização”. De modo especial, os navegantes que estão em pleno mar se guiam pela estrela, que é luz e orientação. Esse corpo celeste está lá, no meio da escuridão, para ser rumo, roteiro e caminho aos navegantes. Nossa Senhora também é a estrela da evangelização, porque o Senhor a constituiu assim.

Reconhecer e aceitar Maria como nossa Mãe e intercessora é fonte de vida cristã profunda e de compromisso com Deus e com os irmãos. Permaneça na Escola de Maria, escute a sua voz, siga os exemplos dela. Ela nos orienta para Jesus.

Certo dia, Dom Bosco, já com idade avançada, foi a uma casa das Irmãs Filhas de Maria Auxiliadora. Devido à sua idade, sempre havia um padre o acompanhando, e este falava em voz alta as palavras que ele dizia. Dom Bosco disse: “Irmãs, Nossa Senhora Auxiliadora caminha pelos corredores da casa de vocês”. O padre, que estava ao seu lado, temeroso, preferiu dizer outra coisa: “Nossa Senhora ama muito vocês, por isso Maria está sempre presente”. No entanto, São João Bosco o corrigiu: “Repita para elas que Nossa Senhora anda nesta casa. Ela anda por estes corredores”.

O sacerdote que o acompanhava ficou um pouco corado, achou um exagero e novamente disse algo semelhante ao que havia dito anteriormente. Dom Bosco ficou nervoso e elevou o máximo que podia sua voz e disse uma terceira vez: “Nossa Senhora está aqui, eu a vejo andar pelos corredores da casa”. O sacerdote nem precisou repetir essas palavras porque as irmãs abriram bem os ouvidos. As religiosas puderam ouvir dos próprios lábios do fundador dos salesianos a surpreendente realidade.

A Santíssima Virgem não é a Mãe apenas das Filhas de Maria Auxiliadora, Maria é nossa Mãe, sua Mãe, mesmo quando os filhos dela não reconheçam isso. Na sua luta pessoal contra o pecado, na sua luta para ser cidadão do céu, para se fortalecer e vencer todo tipo de pecado, você precisa dela como Mãe, protetora e advogada. Eu já consagrei toda a Canção Nova aos cuidados dela. E também já consagrei você aos cuidados de Nossa Senhora Auxiliadora!

Monsenhor Jonas Abib
Fundador da Comunidade Canção Nova

Categoria : formações , reflexões


Cadastre o seu email